segunda-feira, 26 de abril de 2021

RetroGames : The Lost Vikings

 

Lançado para o Super Nintendo em 1993, The Lost Vikings é um jogo de plataforma bem curioso onde precisamos controlar três vikings por várias fases até que eles consigam enfrentar o terrível Tomator, Imperador de Croutonian que havia sequestrados os três para o seu zoológico bizarro.

O que chama atenção nesse jogo é que as fases funcionam como quebra-cabeças e você alterna no controle dos três personagens, mas o grande barato é que cada um deles tem uma especialidade diferente, e apenas trabalhando em equipe e sabendo usar cada um no momento certo é que você vai se sair bem.

Para se ter uma ideia, o Erik é o viking da velocidade e saltos e tem o divertido poder especial de com sua cabeçada destruir algumas paredes, o simpático Olaf é o viking da proteção com seu grande escudo consegue fazer com que os tiros dos inimigos não atinjam seus companheiros, além de transformá-lo em um planador ou plataforma para o salto do Olaf e por último temos o Baleog que é o viking da porrada com sua espada para confronto direto ou seu arco para tiros à distância.

As fases são bem inteligentes e você
precisa se ligar em qual viking usar.

As fases do jogo são bem inteligentes e precisamos ficar bem atentos para saber com qual dos vikings precisaremos avançar primeiro ou realizar determinada ação, sempre tomando muito cuidado para que nenhum deles morra, pois caso isso aconteça, mesmo que a fase seja completada você vai precisar reiniciá-la para terminar com a turma toda.

A primeira vez que eu joguei The Lost Vikings foi já para sua versão no PC, e lembro de ter ficado bastante impressionado pela grande sacada da utilização dos três personagens e de cada um ter sua função diferente dentro da partida, isso era uma coisa bem nova e ainda hoje não é uma forma de jogo muito explorada.

Cada um dos vikings tem sua
função diferente no jogo.

Em 1997 uma sequência é lançada, além dos já conhecidos vikings do jogo anterior temos o Fang, um lobisomem que pode saltar, escalar paredes e lutar corpo-a-corpo e Scorch, um dragão que lança bola de fogo além de voar.

Apesar do time maior, conforme você for liberando os novos personagens vai precisar escolher sempre três para o seu time durante as fases.

Os dois jogos são considerados sucesso e ambos estão na coleção Blizzard Arcade Collection que é praticamente um museu com os jogos clássicos da editora e pode ser jogado no PS4 e PC.

As dicas de hoje são com as senhas de todas as fases, divirtam-se.

3 comentários:

Unknown disse...

Bela lembrança! Não lembrava que tinha para os snes. Ja baixei aqui! Valeu!!

R. Baldo disse...

Acho Lost Vikings melhor dos que os Trine de hoje em dia... :-)

Giovani Dactar disse...

Esse jogo faz a gente ficar ligado em tudo ao mesmo tempo. O sistema de personagem "repartido em três" desloca nossa atenção para o todo. E isso é bem diferente dos plataformas 8 e 16bit normais onde o foco é no personagem único.. Muito bom o post.