Publicidade :

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Bunny Kingdom


Lançado em Essen desse ano, Bunny Kingdom é um jogo do Richard Garfield (mesmo autor do Magic : The Gathering e do King of Tokyo) e que usa card-drafting como mecânica principal e chega em 2018 pela Red Box Editora aqui no Brasil.

No jogo somos tribos de coelho fazendo o que eles sabem fazer de melhor, se multiplicar pelo tabuleiro.

O jogo dura 4 rodadas e em cada rodada temos vários turnos que funcionam da seguinte forma : Recebemos uma quantidade de cartas (10 ou 12 dependendo da quantidade de jogadores), separamos 2 e passamos as restantes para o jogador seguinte.

 As cartinhas : a alma do Bunny Kingdom!

Essas duas cartas escolhidas a cada turno podem ter coordenadas, cartas de fazendas, de postos de troca, de fortaleza, de campos e de pergaminhos.

Depois da última dupla de cartas a ser colocada no tabuleiro, acontece uma pontuação que é baseada nos feudos de cada jogador, onde multiplicamos a força daquele feudo pela quantidade de produtos diferente que cada feudo produz.

 Coelhos fofos, mas muito fortificados protegendo seus feudos.

Então o grande lance do jogo é tentar pegar coordenadas que deixem seus coelhos juntinhos, pois só dessa forma você vai conseguir uma pontuação boa, uma vez que se os coelhinhos não estiverem em espaços adjacentes são considerados como feudos separados.

Outra forma de pontuar bem no jogo são os pergaminhos, essas cartas são separadas no draft mas só são abertas no final das quatro rodadas, e essas sim vão te dar uma pontuação que vai fazer diferença, então não se espante em fazer uma pontuação baixa durante a partida e dar uma corrida com as cartas de pergaminho.

 Chegando perto do final, coelhos espalhados pelo tabuleiro todo.

Eu achei o Bunny Kingdom um jogo bem gostoso, nada demais, mas inteligente, com boas sacações de observar o tabuleiro, ver onde colocar uma fazenda com um bem diferente, o melhor pergaminho a ser guardado, enfim, bem tático e como quase todos os jogos da Iello, com uma produção impecável.

Como disse, a Red Box estará trazendo ele ano que vem para o nosso mercado, e ele fica naquela categoria de bons gateways, com apelo visual e jogabilidade fluida que vale ter na coleção.

Nenhum comentário: