sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Endeavor : Age of Sail


Relançado numa campanha de sucesso no Kickstarter ano passado, Endeavor : Age of Sail é a versão revisada, com mais elementos e com uma produção caprichadíssima do jogo homônimo de 2009.

Nele os jogadores são Impérios que durante a Era das Navegações partem ao redor do globo para conquistar novas terras e acumular glória para sua nação.

O jogo usa um mapa (lindo) representando a Europa, único continente aberto no início da partida, e mais outros seis territórios, representando América, África, extremo Oriente entre outros.

 O lindo mapa com a Europa em destaque e novos mundos
à serem descobertos.

Cada jogador começa com um tabuleiro individual onde marcamos os nossos avanços em indústria, cultura, riqueza e influência, e além disso, colocamos os prédios que vamos adquirindo durante a partida.

O jogo tem exatamente sete rodadas, a cada rodada temos uma série de turnos onde realizamos as mais diversas ações, mas o que vai fazer o jogo rodar para o jogador realmente são as suas escolhas de prédios.

No início de cada rodada os jogadores escolhem um novo prédio e o colocam na sua área de beira-mar do tabuleiro, esses prédios são determinantes para dizer qual tipo de ação você pode realizar na rodada, se por exemplo, você não tiver um prédio de Navegar, não vai conseguir se expandir no tabuleiro, então precisa sempre ficar muito ligado nas suas escolhas.

 Os prédios e as quatro trilhas que você precisa
ficar ligado o tempo todo.

Depois de construir vem as fases de crescimento, onde recrutamos mais pessoas para trabalharem para nós, a fase de salário, onde pagamos aos trabalhadores para que retornem dos prédios e a fase de ações.

Vale ressaltar que as trilhas de avanço dos tabuleiros individuais, são super importantes para que você consiga mais gente para trabalhar, pegar prédios melhores, consiga pagar mais aos trabalhadores, então é outro ponto a ficar prestando atenção no jogo todo.

Agora, a fase de ações é que realmente fazem o jogo andar. Temos cinco ações possíveis no jogo : navegar, ocupar, atacar, pagar ou comprar, e como disse anteriormente, você só consegue realizar uma ação se tiver um prédio dela.

 Conforme o jogo vai chegando perto do final, os novos
continentes vão sendo ocupados.

Então na sua vez você pega um trabalhador, coloca em um prédio desocupado e realiza aquela determinada ação, isso faz com que o jogo cresça a cada rodada, pois no início teremos apenas um prédio disponível e na última rodada serão oito, então Endeavor tem essa pegada de ir crescendo.

Navegar é a ação que vai abrir novos territórios. Em cada um dos seis fechados existe uma trilha que vai sendo preenchida com peças dos jogadores, essas peças são a presença daquela nação e servem além de abrir o território para a ação de Ocupação, também faz com que o jogador possa Comprar cartas que vão ajudar nas quatro trilhas importantes do jogo.

Atacar é uma ação custosa, você acaba gastando três dos seus trabalhadores nela, mas é uma ação que pode te garantir bons pontos de glória no final do jogo, e como já frisei, é importante ter pelo menos um prédio dessa ação para não virar saco de pancada.

 Quanto mais prédios, mais gente você precisa por para trabalhar
e mais dinheiro você precisa para pagar os salários.

A ação de Comprar cartas também é muito interessante, pois ela te ajuda a aumentar seus níveis nas trilhas do tabuleiro individual, existem as cartas normais, mas existem as cartas de escravos, e um lance muito legal do Endeavor é que a carta de escravo, apesar de ter dar mais benefícios do que as normais, são uma mancha na sua nação, você precisa chegar a um nível muito alto Influência para conseguir se livrar delas, mas se algum jogador libertar os escravos antes que isso aconteça, elas viram pontos de glória negativos para o fim do jogo.

Quando os jogadores não tiverem mais ações para fazer na rodada, eles passam e quando todos tiverem passado existe uma fase de descarte de cartas e uma nova rodada começa até que o jogo termine ao final da sétima rodada.

 As cartas te garantem avanços e pontos, mas você é limitado
então precisa ficar ligado aqui também.

Contam-se os pontos baseados nas trilhas, nas suas ocupações e cartas compradas, população extra e quem tiver a maior pontuação é o vencedor.

Além de ter essa repaginação do jogo de 2009, Endeavor : Age of Sail traz também novas formas de jogo, como a versão para 2, as façanhas, um mapa mais equilibrado para menos jogadores (que era uma reclamação constante da versão anterior).

Pra mim, Endeavor continua sendo um dos melhores jogos para 5 jogadores, a produção que chegou ao Brasil pelas mãos da Ludofy está de cair o queixo e apesar do preço um pouco salgado, vale o investimento pela qualidade apresentada.

https://www.bucaneirosjogos.com.br/kingsburg-segunda-edicao?utm_campaign=eaitemjogo_bannerlateral&utm_source=eaitemjogo&fbclid=IwAR2WdklkfpXK034YORs9VgH_-y5-NFl0s6mCaItuEw8ydILihphCwvR5LTg

Um comentário:

Cadoo Carioca disse...

Parabéns Cacássone!
Excelente resenha de um excelente jogo!