segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Dwar7s : Inverno


O inverno chegou na terra dos anões e com essa estação, muitos perigos vão aparecer para os nossos intrépidos amigos, mas com trabalho em equipe será que eles conseguem proteger seu castelo e chegar à primavera salvos? Só o tempo dirá!

Dwar7s : Inverno é o segundo jogo das estações dos anões, criado pelo amigo Luis Brueh, e que chega ao Brasil pela Mandala Jogos numa produção caprichadíssima, cheia de miniaturas lindas todas baseadas na arte do autor.

Por aqui jogamos o jogo ainda pelo Tabletopia (tem resenha aqui) mas é muito legal ver a produção final super bem feita, dando vida ao melhor jogo do Luis.

 No tabuleiro de cada jogador, a organização dos anões
e dos recursos que vamos ganhando.

Para dar uma relembrada, no jogo cada jogador tem um grupo de anões que precisa colher recursos, para controlar monstros que estão tentando chegar ao castelo e para controlar crises que podem fazer com que o jogo acabe de forma abrupta com a derrota de todos os jogadores.

Durante sete rodadas (semanas) os jogadores vão se revezar em ações, baseadas em cartas que inicialmente são iguais para todos os jogadores, mas podem ser adquiridas durante o jogo, dando mais poder à sua vez de jogar.

 Os monstros que ficam ativos tem suas
cartas à mostra para sabermos seus efeitos.

Uma das coisas mais bacanas do Dwar7s : Inverno é a ação de Canta Junto (eu vou, eu vou), onde o jogador da vez escolhe uma das quatro cores de canções disponível e todos os jogadores que tiverem cartas daquela cor na mão, ficam habilitados a realizá-las, dando uma dinâmica muito interessante às rodadas.

Os monstros são um destaque à parte, a caixa final do jogo traz uma variedade enorme deles, e cada um vem com sua miniatura linda, além de permitir uma rejogabilidade absurda, ainda deixa o tabuleiro muito bonito durante as partidas.

O jogo tem três formas de terminar, quando um monstro terminar a rodada dentro do espaço do castelo ou se ao final da rodada existirem quatro desastres ativos, todos perdem, caso cheguem até a sétima semana vivos, contam-se pontos baseados na resolução de desastres, matança de monstros, produção entre outras coisas e o jogador com mais pontos é o vencedor.

 Mas é no tabuleiro em que eles realmente brilham,
com uma produção caprichadíssima.

Dwar7s : Inverno acaba tendo esse viés bacana, pois trata-se de um jogo semi-cooperativo, onde todos meio que trabalham juntos para detonar os perigos que estão no tabuleiro, mas também precisam ficar de olho para não deixar o amiguinho conseguir muitos pontos durante a partida.

Como já mencionei, ele para mim é o melhor jogo do Luis Brueh, e eu torço para que os próximos jogos da série Dwar7s sejam tão bacanas quando seus antecessores, que são "family games" bastante bacanas e originais.

Muitos monstrinhos, cada um com a sua
linda miniatura.

https://www.nerdoffline.com.br/

https://www.ludopedia.com.br/lista/19016/premio-ludopedia-2018-1a-fase-midia-escrita&id_ludo_list_item=199751#id_ludo_list_item_199751

Nenhum comentário: